05/12/2017

Câmara técnica ratifica protocolo para fibrose pulmonar idiopática

Sociedade Paranaense de Tisiologia apresenta diretrizes terapêuticas e não reconhece tratamentos alternativos

A Câmara Técnica de Pneumologia e Tisiologia do Conselho Regional de Medicina do Paraná reuniu-se em 22 de novembro para debater a suspensão de fornecimento, pelo gestor público, do medicamento Esilato de Nintedanibe a pacientes portadores de fibrose pulmonar idiopática e, também, acompanhar a apresentação do protocolo clínico elaborado pela diretoria da Sociedade Paranaense de Tisiologia.

A reunião da câmara técnica teve as participações da coordenadora, Dra. Glaucia Maria Barbieri, e de seus membros Carlos Eduardo do Valle Ribeiro, Carlos Roberto Lebarbenchon Massignan e Paulo Roberto Miranda Sandoval. O presidente e o vice do CRM-PR, Wilmar Mendonça Guimarães e Roberto Issamu Yosida, acompanharam os trabalhos, a exemplo do Dr. Irineu Melek, vice-presidente da Sociedade de Tisiologia e que fez a apresentação do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Fibrose Pulmonar Idiopática.

clique para ampliarclique para ampliarCâmara técnica de Pneumologia, na análise de protocolo sobre fibrose pulmonar. (Foto: CRM-PR.)

Conforme debatido no âmbito da câmara técnica, a indicação atual de Esilato de Nintedanibe (Ofev) é somente para o tratamento da Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI), conforme o protocolo da Sociedade de Tisiologia e demais Sociedades Nacionais e Internacionais da especialidade, e não, no momento, nas demais formas de doença pulmonar fibrogênica. Excentuando a aplicação da Pirfenidona, não existem tratamentos alternativos para esta doença, como sugerido pela Secretaria Estadual de Saúde.

A convocação da reunião ocorreu a pedido do secretário-geral Luiz Ernesto Pujol com o objetivo de esclarecer sobre a atenção a pacientes acometidos de doença pulmonar fibrogênica e o uso de medicamento específico para portadores de fibrose pulmonar idiopática.

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios