14/11/2017

Conselho realiza julgamento simulado em Paranavaí

Atividade de orientação ética faz parte do programa de Educação Médica Continuada

O Conselho Regional de Medicina do Paraná realizou julgamento simulado em Paranavaí, na noite de sexta-feira (10). A atividade ética teve lugar no auditório do Hospital Regional e foi baseada num caso real, em que médico foi denunciado por negligência, por supostamente ter deixado objeto estranho (pinça) no abdômen de paciente. Conselheiros da Sede de Curitiba e delegados locais participaram do evento, que foi iniciado às 19h30 e durou aproximadamente duas horas, sendo acompanhada por plateia de 16 pessoas, em sua maioria médicos.

clique para ampliar>clique
               para ampliarIntegrantes da atividade ética. (Foto: CRM-PR)

Iniciativa integrada ao Programa de Educação Médica Continuada do CRM-PR, o julgamento simulado foi presidido pelo conselheiro e 2.º corregedor Fábio Luiz Ouriques. Atuou na relatoria do “processo” o vice-presidente do Conselho, Roberto Issamu Yosida, que já esteve à frente da Corregedoria-Geral. A diretora da Dereg de Paranavaí, Hortência Pereira Vicente Neves, teve participação como revisora, enquanto funcionou como advogada de acusação Paula Garcia Paquete Brandão, funcionária da Corregedoria do Conselho.

O delegado local Attilio Antonio Mendonça Accorsi teve a função de advogado de defesa, cabendo ao também delegado Cleonir Moritz Rakoski fazer o papel de “médico denunciado”. A avaliação dos participantes foi bastante positiva, evidenciando a responsabilidade do médico em procedimento junto com equipe, impondo-lhe o máximo zelo e cuidado contra intercorrências.

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios