História

O 1º Corpo de Conselheiros tomou posse em 30 de maio de 1959 e, desde então, a cada cinco anos uma nova gestão assume o comando da entidade.

A legislação que respalda a criação dos Conselhos de Medicina foi instaurada com o Decreto Lei nº 7.955, de 13 de setembro de 1945, mas somente teve sua aplicação em 1951, com a constituição do Conselho Federal Provisório de Medicina. Possibilitou, assim, a ativação dos primeiros quatro Regionais: do Ceará, Distrito Federal, Pará e Rio Grande do Sul. Eleita de forma indireta, a primeira diretoria do CFM foi empossada em 24 de junho de 1952, para cumprir mandato até 1957, ano em que foi sancionada a Lei nº 3.268, que regulamentou o Decreto e até hoje está vigente. Em 17 de dezembro de 1957, o então presidente do CFM, Prof. Agostinho Menezes Monteiro, editou a Resolução nº 1, determinando a criação “ad referendum” do Conselho Federal, de diretorias provisórias nos Estados e Territórios com o encargo de instalar os regionais.

Em 21 de dezembro de 1957, coube ao Prof. Ernani Simas Alves, então presidente da Associação Médica do Paraná, a missão de organizar a diretoria provisória responsável pela efetivação do Conselho do Paraná. Sob as determinações legais, a diretoria provisória foi apresentada em 24 de janeiro de 1958 e oficializada no dia 31 do mesmo mês pelo CFM. A posse ocorreu em 12 de março de 1958, data que marca o início de fato das atividades do CRM-PR, com cadastramento dos médicos e fornecimento das carteiras profissionais.

A primeira diretoria teve como presidente o Prof. Milton Macedo Munhoz e como vice Aroldo Marques Sardenberg. Os Drs. João Átila Rocha e Benoni Laurindo Ribas foram empossados 1º e 2º secretários, ficando a tesouraria a cargo de João Ernani Bettega.

A Resolução CFM nº 23 estabeleceu a data de 4 de setembro de 1958 para realização de eleição nos Conselhos Regionais de duas diretorias definitivas. A nova eleição foi marcada para 15 de outubro daquele ano, com duas chapas se apresentando, mas somente uma delas estando em consonância às determinações do processo eleitoral. A participação dos médicos foi marcante no pleito, pois votaram 480 (87 no interior) entre os 579 que se encontravam inscritos no Conselho. Na época, o número de médicos no Paraná era estimado em pouco mais de 1 mil.

Pela Resolução nº 46, de 19 de novembro, o CFM negou a homologação da eleição sob justificativa de descumprimento dos prazos, o que gerou grande repercussão e a renúncia coletiva da diretoria provisória. Assim, a sede provisória do Conselho do Paraná, localizada no Edifício Garcez do Nascimento, Centro de Curitiba, foi deixada sob a guarda da presidência da Associação Médica. A Resolução CFM nº 67, de 9 de abril de 1959, retificou a norma anterior para legitimar o pleito e os nomes dos 40 conselheiros efetivos e suplentes eleitos para cumprir mandato de maio de 1959 a dezembro de 1961.

Em 30 de maio de 1959, no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Paraná, registrava-se o momento histórico com posse dos conselheiros eleitos, que se constituíam em sua maioria em professores e renomados expoentes da Medicina paranaense, incluindo os delegados efetivo e suplente indicados como representantes da AMP. A diretoria ficou constituída pelos Drs. João Vieira de Alencar (presidente), Adolfo Barbosa Goes (vice-presidente), Ernani Simas Alves (1º secretário), Plínio Mattos Pessoa (2º secretário) e Ruy Noronha Miranda (tesoureiro).

1º Corpo de Conselheiros

Efetivos
Abdon Pacheco do Nascimento
Alceu Fontana Pacheco
Atlântido Borba Côrtes
Anchises Marques de Faria
Ernani Simas Alves
Gastão Pereira da Cunha
Haroldo T. Beltrão
Heinz Rüecker
Irineu Antunes
João Vieira de Alencar
Lysandro Santos Lima
Mário Braga de Abreu
Ney Regattieri Nascimento
Plínio Mattos Pessoa
Orlando Malucelli Moro
Carlos Barbosa Góis
Carlos Costa Branco
João Dias Ayres
Roaldo Amundsen Köehler
Ruy Noronha de Miranda
Pedro Emílio Cerqueira Lima (AMP)

Suplentes
Adyr Soares Mulinari
Amilcar Gigante
Arnaldo Moura
Atílio D’Aló Junior
Carlos Cunha
Eduardo Correia Lima
Eloi Vicente Bettega
Felipe Lerner
Glaucio Bandeira
Hamilton Lacerda Suplicy
João Figueiredo
Clyceu Carlos de Macedo
Milton Munhoz Filho
Miroslau C. Baranski
Moacyr Teixeira Pinto
Osvaldo Faria da Costa
Rubens Wallbach
Waldemar Monastier
Waldemiro Hack
Walfrido Meirelles Leal
Iseu de Santo Elias Afonso da Costa (AMP)

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios