12/11/2017

Pesar pelo falecimento de dois ortopedistas em acidentes no Noroeste do Paraná

Drs. Diogo Ferraz Salvador (CRM 26.086) e Honorly Souza Mondini (26.760) morreram no sábado, em rodovias das regiões de Campo Mourão e Umuarama

O Conselho Regional de Medicina do Paraná registra com profundo pesar o falecimento de dois médicos ortopedistas em acidentes de trânsito ocorridos no sábado (11) em locais diferentes de rodovias localizadas no Noroeste paranaense. As condolências aos familiares e amigos dos Drs. Diogo Ferraz Salvador (CRM 26.086), com atuação na região de Campo Mourão, e Honorly Souza Mondini (CRM 26.760), de Umuarama. Duas grandes perdas à Medicina, como manifestado pelos delegados das regionais do CRM.

clique para ampliar>clique para ampliarDr. Diogo Ferraz Salvador. (Foto: Arquivo.)

O Dr. Diogo Ferraz Salvador, de 32 anos, era filho do também médico Dr. Elio Ferraz Salvador Filho, cirurgião do aparelho digestivo e um dos profissionais pioneiros de Mamborê. Ele morreu na tarde de sábado em decorrência de ferimentos sofridos numa colisão entre camionetas na rodovia PR-158, entre Campo Mourão e Peabiru. No acidente ainda ficaram feridos a esposa Luciana e dois filhos do casal, de 2 e 4 anos, além do casal ocupante do outro veículo envolvido. O médico chegou a ser levado com vida ao centro hospitalar da Santa Casa de Campo Mourão, uma das instituições onde exercia sua atividade, mas não resistiu. O filho menor, em estado grave, foi levado de helicóptero para a Santa Casa de Maringá. O médico tinha se inscrito na no CRM-PR, via Dereg de Campo Mourão, em 29 de janeiro de 2009, tendo depois registrado título de especialista em ortopedia e traumatologia.

clique para ampliar>clique para ampliarDr. Honorly Souza Mondini. (Foto: Arquivo)

O Dr. Honorly Souza Mondini, de 45 anos, era da região de Presidente Prudente (SP), onde será sepultado na tarde deste domingo (12), no Cemitério São João Batista. Ele se inscreveu no Conselho em 20 de novembro, também de 2009, com titulação em ortopedia e traumatologia, tendo uma clínica em Umuarama e também atuando no Hospital Cemil. Ele morreu por volta das 22h30 de sábado após capotamento do carro que dirigia, um Audi A3, na Estrada Boiadeira, entre Cruzeiro do Oeste e Tuneiras, cidades para a qual se dirigia. O acidente também resultou na morte de um dos passageiros, que seria paciente do médico, e ferimentos em outro, que se encontra hospitalizado. Fontes policiais disseram ser improcedente a informação de que o médico estivesse sendo sequestrado.

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios