AUTOPRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS E FALTA DE CARIMBO NA RECEITA

Pedro Eduardo Nader Ferreira

Resumo


A utilização de carimbo de médico em prescrição é opcional, pois não há obrigatoriedade legal ou ética. O que se exige é a assinatura com identificação clara do profissional e o seu respectivo CRM. Não há proibição expressa para eventuais autoprescrições de médicos, exceto no caso de entorpecentes e psicotrópicos.


Palavras-chave


Autoprescrição, responsabilidade, receita, carimbo.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.