A INTERNET COMO INTERFACE NA RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE: ALIADA OU INIMIGA?

Eduardo Morais Castro

Resumo


A relação médico-paciente é pautada por valores éticos e morais há mais de dois milênios. A sociedade vivenciou grandes avanços no campo das ciências no último século, sendo a criação da internet um dos de maior impacto. Esta tecnologia multifuncional alterou a postura de pacientes com relação à sua saúde e aos seus médicos. Através de maior facilidade no acesso a informações, participação em grupos de apoio psicológico ou redes sociais, ou até visitando médicos em salas de bate-papo, a internet revolucionou a maneira como pacientes lidam com suas doenças. Apto a assimilar novas tecnologias ao longo dos séculos, cabe aos médicos aceitar este novo desafio e fazer desta bem estabelecida ferramenta, sua aliada, sem, contudo, esquecer os preceitos éticos pelos quais eles se guiam desde Hipócrates.


Palavras-chave


Relação médico-paciente, internet, grupos de apoio, redes sociais, educação de pacientes

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.