n. 29 (2011)


Capa da revista
A arte busca comunhão. Busca a capacidade do observador encarnar sentido, estranheza, prazer, enfim, uma epifania do espírito na direção da alegria e da elevação. Para que seja sublimado pelo fogo dos sentidos.

As capas do IÁTRICO não vão tão longe, buscam apenas um olhar, significante. Mas, para a desta edição, não basta um momento. Exige concentração, devotamento, perspicácia na busca da evolução da vida. Do reino vegetal ao animal, é mais do que evolução biológica, é também signo. As formas gerando ideias. E esse amalgma só é possível quando o artista é ímpar, quando beira a genialidade. A artista portuguesa Gracinda Marques, a nosso pedido, para a chamada de capa Como e por que ler, conseguiu essa síntese que só um gênio maior pode produzir. E, nós, contemplativos, agradecemos.


ISSN: 2237-9762