22/10/2018

Homenagem aos Pioneiros: Prof. Heinz Rücker (CRM-PR 490)

Um dos pioneiros da ortopedia e anestesiologia no Paraná, ele integrou o primeiro corpo de conselheiros efetivos, de 1959 a 1963

Pouco após se formar pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 1937, o Dr. Heinz Rücker passou alguns anos trabalhando no interior do estado e em Timbó (SC), onde atuou como médico generalista e cirurgião durante cinco anos. Mas foi em 1945, quando passou a morar em Curitiba, que deu os primeiros passos de fato para se tornar um dos pioneiros da ortopedia no Paraná. Nessa década, ele era um dos três ortopedistas da Capital, ao lado dos Drs. Ervino Kompatscher e Mohty Domit

clique para ampliarclique para ampliarProf. Heinz Rücker. (Foto: Arquivo)

Filho de imigrantes alemães e nascido em Joinville (SC), em julho de 1912, quando voltou à capital paranaense, o Dr. Rücker foi trabalhar na Santa Casa de Misericórdia – instituição em que já havia passado uma temporada durante a graduação. Como nessa época ainda não existia o programa de Residência Médica no Brasil, a partir do terceiro ano de Medicina, os alunos podiam trabalhar como “estagiários internos” na Santa Casa, para escolher uma área de especialização.

Foi assim que o Dr. Heinz Rücker teve seu primeiro contato com a ortopedia. Orientado pelo Prof. Mário Braga de Abreu, responsável pelo serviço de cirurgia no qual Heinz fez seu estágio, ele se encantou especialmente pela Traumatologia Ortopédica. Porém, no início de sua carreira as dificuldades ainda eram muitas e os atendimentos escassos, visto que ele era um médico novo, sem reconhecimento e que começava a tratar de casos ortopédicos – os quais os curitibanos preferiam deixar em mãos de médicos paulistas.

clique para ampliarclique para ampliarLivro em homenagem ao médico. (Foto: Reprodução)

Mesmo assim persistiu, buscando paralelamente outras atividades que o ajudariam a se manter, como a administração da gasoterapia – uma técnica usada na época para pacientes com problemas cardíacos. Uma experiência que também o levou por outros caminhos e contribuiu para que se tornasse pioneiro da anestesiologia no Paraná, tendo trazido as primeiras anestesias inalatórias para o estado e introduzido aqui a técnica de intubação endotraqueal. Enquanto isso se firmava na especialidade pela qual era apaixonado, realizando nos anos seguintes vários estágios curtos em serviços renomados de Ortopedia em São Paulo, Rio de Janeiro, Montevidéu e Buenos Aires.

Em 1950, ele foi nomeado professor assistente da “Clínica de Cirurgia Infantil e Ortopédica”, na UFPR. Três anos depois foi aprovado como Professor Catedrático dessa mesma disciplina e, em 1954, passou um ano na Europa, visitando e participando de atividades de vários centros de ortopedia. Durante esse período de viagem, também se tornou membro titular da Sociedade Internacional de Cirurgia Ortopédica e Traumatológica.

De retorno ao Brasil, inspirado por suas experiências, o Prof. Heinz Rücker conseguiu verba do Ministério da Saúde para montar uma oficina ortopédica que ofereceria próteses aos amputados, no Asilo Nossa Senhora da Luz. Ele foi eleito para compor, como efetivo, o primeiro quadro de conselheiros do CRM-PR, na gestão de 1959 a 1963, fazendo parte dos primeiros médicos que se inscreveram na autarquia. Isto ocorreu em 27 de setembro de 1958. Também ajudou a fundar a regional paranaense da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, em 1964, da qual foi 1º secretário e depois presidente.

clique para ampliarclique para ampliarFicha do registro do Prof. Rücker. (Foto: Reprodução)

Além disso, o Prof. Rücker também foi responsável pela primeira cirurgia realizada no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, instituição em que foi diretor geral (1967) e onde inaugurou um serviço de Ortopedia. Originalmente a ala ortopédica não estava prevista no projeto do HC, porém, perseverante como só ele era, o médico acompanhou tal qual sombra o construtor Odair Pedroso e acabou conseguindo que se acrescentasse ao projeto original um local destinado ao serviço de Ortopedia.

Sempre inquieto, ele também criou uma clínica ambulatorial para atender os pacientes particulares que não podiam ser internados no Hospital de Clínicas. Ali, instalado na praça da antiga rodoviária de Curitiba, trabalhou junto de outros grandes nomes da Medicina paranaense como os Professores Antonio Osny Preuss, Aramys Bertholdi e Monir Nasser.

Já naquela época, a maior complexidade e custo de material para cirurgias ortopédicas era um empecilho importante à compra de instrumental pelos hospitais gerais. Isso acabou servindo de motivação para que o Prof. Rücker construísse a Clínica de Fraturas XV, pioneira no Paraná pela exclusiva dedicação à ortopedia e traumatologia, onde ele trabalhou até o fim de sua vida.

clique para ampliarclique para ampliarProf. Heinz Rücker. (Foto: Arquivo)

Heinz Rücker também foi membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, da Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé e presidente do 19º Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia e do 4º Congresso de Cirurgia de Mão (1973). Além disso, recebeu dois diplomas de honra ao mérito, um da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (1973) e outro da UFPR (1977). Em 1993, a Fundação santos Lima lançou um livro biográfico do professor, intitulado “Um compromisso com a verdade”. Ele faleceu em 1986, aos 74 anos, em decorrência de um câncer de pâncreas.

VULTOS DA MEDICINA

O CRM-PR é receptivo e agradece eventuais informações adicionais que possam enriquecer o conteúdo deste material ou de outras personalidades da história da Medicina paranaense.

Saiba mais sobre a motivação da série e os vultos da medicina paranaense clicando aqui.

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.
    * campos obrigatórios

    Comunicar Erro

    Verifique os campos abaixo.

    * campos obrigatórios